Q.I.

Abreviatura de quociente de inteligência. O conceito de quociente de inteligência foi adoptado pelo psicólogo norte-americano Louis Terman em 1915. O QI é calculado de acordo com a fórmula: QI = IM/IC x 100 em que IM é a «idade mental» (a idade em que uma criança média é capaz de desempenhar determinadas tarefas) e IC é a «idade cronológica». Daí o facto de uma pessoa média possuir um QI de 100.


Génio

Pessoa que possui dotes extraordinários de inteligência, de capacidade de invenção ou de criatividade. As produções geniais podem ser de uma admirável originalidade e a sua espontaneidade parecer confusa e inexplicável, embora não haja dúvida que resultam de longos períodos de intenso trabalho e de uma devoção invulgar. Se os génios formam ou não uma classe de indivíduos superiormente dotados é uma questão bastante debatida. Um dos dados desta questão é, por exemplo, o de que um elevado Q.I. não é indício de genialidade.