Viabilidade da estimativa de QI a partir dos subtestes Vocabulário e Cubos da WAIS-III Versão para impressão

Objetivou-se avaliar a viabilidade de estimar o Quociente de Inteligência (QI) de adultos por meio de duas estratégias que utilizam uma forma curta constituída pelos subtestes Vocabulário e Cubos da Escala Wechsler de Inteligência para Adultos (WAIS-III). Participaram do estudo 77 homens e mulheres, com idade média de 39,1 anos (dp=13,4). Foi aplicada a WAIS-III e questionários para cumprir os critérios de inclusão dos participantes sem prejuízos neurológicos e psiquiátricos.

Para avaliar a concordância entre as duas estratégias de estimar o QI, utilizou-se o método estatístico proposto por Bland e Altman. Como resultado, encontrou-se que as estimativas de QI geradas pelas duas estratégias apresentam concordância com a medida do QI realizada pela aplicação da escala completa apenas em alguns dos casos avaliados. Sugere-se cautela na utilização dessas estratégias para estimar o QI de adultos.

Fonte: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1413-82712010000200009

Clique para ler "Viabilidade da estimativa de QI a partir dos subtestes Vocabulário e Cubos da WAIS-III"



Gostou? Partilhe na sua rede social!
Reddit! Del.icio.us! Mixx! Free and Open Source Software News Google! Live! Facebook! StumbleUpon! TwitThis Joomla Free PHP